Notícias

70 anos em prol da causa pública

Manuel Vieira continuará na liderança da Associação de Inquilinos e Condóminos do Norte de Portugal (AICNP) para o próximo triénio 2017/2020, numa altura em que a instituição comemora os 70 anos de vida.

Criada em 1948, a Associação de Inquilinos e Condóminos do Norte de Portugal (AICNP) celebrou no passado sábado 70 anos de existência.

A associação, cujo estatuto é de cooperativa de responsabilidade limitada e pessoa de utilidade pública, contou com a presença de muitas personalidades e entidades nesta data festiva.

 

Manuel Pizarro, vereador da Câmara do Porto, salientou a importância da AICNP na sociedade ao referir que é uma entidade para quem as pessoas são tudo. Para além disso, tem tido um contributo notável quer no debate público quer no relançar das politicas públicas da habitação. “Sem uma política pública não é possível as pessoas com menores rendimentos, ou mesmo as da classe média, e os jovens terem oportunidade de viveram na cidade”, referiu.

Para Pizarro, o tema não foi bem abordado pelo estado democrático nas ultimas duas décadas, pois acredita que se criou a ilusão de alguma habitação social e dos créditos por parte dos bancos, que fez com que os portugueses sejam atualmente o povo com maior percentagem de proprietários na Europa.

Hugo Carvalho, em representação do grupo parlamentar do Partido Socialista na Assembleia da República, também acredita que as leis neste campo serão um verdadeiro desafio para os governos nos próximos anos. Na sua opinião, é necessário devolver as pessoas às cidades, com ressalva para os mais jovens, e resolver as questões relacionadas com o mercado de arrendamento aliadas às condicionantes que o turismo trouxe. Em relação à AICNP, o deputado não tem duvidas em afirmar que “é o rosto de quem a criou e se dedicou a ela durante estes 70 anos. É uma mais-valia para a sociedade porque defende sempre a parte mais fraca na relação inquilino/senhorio”.

A sessão solene ficou marcada pela tomada de posse dos órgãos sociais para o triénio 2017/2020. Uma equipa que continuará a ser liderada por Manuel Vieira. O presidente da direção presenteou o seu grupo de trabalho com a vinda de quatro novas advogadas para o departamento jurídico. Laurinda Ribeiro, Alexandra Cachucho, Elsa Moreira e Mariana Martins passaram a ser os novos rostos juntos dos retratos que perfilam nas paredes do salão nobre da AICNP.

FESTA DE ANIVERSÁRIO EM GAIA

O convívio do 70º aniversário prosseguiu na Quinta da Boucinha, em Gaia, no seio de 130 amigos da instituição.

Manuel Vieira era um homem feliz por estar rodeado de tantos rostos que fizeram parte de todo o percurso da AICNP. Realçando as mensagens de apoio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do primeiro ministro, António Costa, o presidente mostrou-se grato a Mário Grota, aos partidos políticos presentes, ao presidente da junta do Centro Histórico do Porto, António Fonseca, a Maurício Pinto, a Manuel Veludo, ao cónego Fernando Milheiro e aos restantes convidados. A relação saudável com a Associação de Inquilinos Lisboneses (AIL) mereceu uma referencia especial, uma vez que se trata de um parceiro nas lutas pelos interesses comuns de longos anos.

Foi de uma forma carinhosa que Manuel Vieira ainda se referiu aos funcionários, aos advogados e a toda a sua equipa pelas horas que se dedicam e pela persistência que têm na resolução dos problemas que aumentaram com a nova Lei do Arrendamento. “A avença é pouca, o trabalho é muito”, salientou.

MONUMENTO DO PORTO

O cónego Fernando Milheiros afirmou que a história da cidade do Porto não pode ser referida sem se mencionar o nome de Manuel Vieira. “Pode não ser um monumento de pedra ou de terra, mas tem a firmeza suficiente de um para poder ser considerado um homem bom. Não desanima perante as dificuldades, avança e cria laços de solidariedade à volta dele”. Parceiro de longas lutas, Romão Lavadinho, da Associação de Inquilinos Lisbonenses (AIL) referiu-se à atual lei de arrendamentos como sendo “a lei dos despejos”, que veio acentuar o desequilíbrio que já existia entre senhorios e inquilinos. Uma ideia também partilhada pelo presidente da Assembleia-Geral, José Martins, que acrescenta que com esta lei, a sociedade, em particularidade a faixa etária mais idosa, passou a viver num constante desassossego com a possibilidade de os senhorios despejarem os inquilinos com mais facilidade.

O Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana esteve representado por Ana Campos Cruz. Ao longo da sua intervenção relembrou os novos desafios que as associações do Porto e Lisboa terão nos próximos tempos, tais como relacionar a nova lei com questões como o emprego, os jovens, os transportes e não apenas com os rendimentos familiares.

Fernando Paulo, vereador da habitação e coesão social da camara do Porto, garantiu a assinatura de um futuro protocolo entre a autarquia e a associação. Protocolo esse, que, é a prova que o município acredita que a AICNP tem muito que dar à cidade quer no atendimento administrativo que no apoio jurídico. “os 70 anos de historia desta instituição é uma referencia de marca do Porto. Indiscutível no seu valor social e político no desenvolvimento da sociedade”.

BALCÃO EM GAIA

É na Rua José Mariani, no Centro Comercial Vila Gaia, que existe um balcão destinado aos associados gaienses.

Inaugurado há cerca de cinco anos, esta filial presta um serviço de atendimento administrativo e jurídico de segunda a sexta feira da parte da tarde.

Manuel Vieira refere o papel fundamental que o presidente da camara de Gaia Eduardo Vítor Rodrigues teve na inauguração deste espaço. “Foi graças a ele que conseguimos ter um espaço cedido gratuitamente em Gaia, tal como um lugar privativo de estacionamento a esta instituição de utilidade pública.

Órgãos sociais para o triénio 2017/2020

Manuel Vieira mantém-se como presidente da direção da Associação de Inquilinos e Condóminos do Norte de Portugal (AICNP). Ao seu lado estarão José Martins como presidente da Assembleia-Geral e Zélia Maia no Conselho Fiscal.

Associativismo fez-se representar em peso

As Federações das Coletividades de Gondomar, Estarreja, Valongo, Matosinhos, Porto e Gaia marcaram presença no convívio promovido pela AICNP.

A Confederação Nacional do Associativismo também quis mostrar o seu apoio a Manuel Vieira para o próximo mandato.

O Porto também festejou os 70 anos da AICNP

A Câmara Municipal do Porto esteve representada pelos vereadores Fernando Paulo, do pelouro da Habitação e Coesão Social e presidente do conselho de administração da Domus Social, Ilda Figueiredo (CDU) e Manuel Pizarro (PS). O presidente da Junta de freguesia do Centro Histórico, António Fonseca, também fez questão de parabenizar a AICNP.

Eventos

Sem eventos

Balcão - Vila Nova de Gaia

Funcionamento / Atendimento

2ª. a 6ª. Feira - das 14h30 às 17h30

Consultas Jurídicas

Semanais por Marcação 

 

Rua José Mariani, 188, 1º Andar

Loja 16 (Centro Comercial Vila Gaia)

Tel.: 223752398 | 961101245 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Parceria com a Farmácia Firmeza

Vantagens para os sócios e familiares da AINP:

  • Desconto de 10% em medicamentos
  • Desconto de 10% em produtos de saúde e bem-estar, puericultura e cosmética
  • Administração  gratuita das vacinas da gripe sazonal

Rua da Firmeza, N.º 99

4000-228 Porto

Horário:

2ª a 6ª das 09h00 às 19h30

Sábado das 09h00 às 13h00